Buscar

Terapia Capilar



A terapia capilar é a área que estuda os fios, couro cabeludo e pelos para tratar e manter a saúde deles. Ela irá realizar um diagnóstico e um tratamento com o objetivo de tratar a patologia de cada paciente, que pode ser: quedas de cabelo, infeções, quebra dos fios, inflamação e doenças no couro cabeludo.


Essa patologia é tratada na área da tricologia, que é uma associação de técnicas terapêuticas, podendo ser técnicas manuais, aparelhos e/ou cosméticos. Esse tratamento vai prescrito para tratar e prevenir patologias do couro cabeludo e da haste capilar, conforme a melhor avaliação do seu profissional para o caso avaliado.


O diagnóstico pode ser obtido por meio de análises de sangue, para descartar doenças infeciosas e autoimunes, e/ou pela tricoscopia do couro cabeludo.



Benefícios da Terapia Capilar

  • Melhora a oxigenação e circulação sanguínea do couro cabeludo;

  • Alopecia;

  • Reduz a oleosidade e a queda capilar e descamação;

  • Melhora e trata a caspa (dermatite seborreica);

  • Trata a coceira e a sensibilidade do couro cabeludo;

  • Queda de cabelo.


Um dos principais problemas a ser combatido pela Terapia Capilar é a temida Alopecia.

A alopecia é uma condição em que ocorre uma repentina perda de cabelo do couro cabeludo ou de qualquer outra região do corpo. Nesta doença, o cabelo cai em grandes quantidades em determinadas áreas, proporcionando a visualização do couro cabeludo ou da pele que antes era coberta.



Principais causas

A queda de cabelo pode acontecer devido a diversas situações, sendo as principais:

  • Micose no couro cabeludo;

  • Uso de medicamentos;

  • Stress;

  • Reação hormonal pós parto;

  • Uso de produtos químicos inadequados;

  • Lúpus eritematoso sistêmico;

  • Doenças como hipotireoidismo, hipertireoidismo, sífilis secundária ou líquen plano;

  • Deficiência de proteínas, ferro, biotina e zinco.

Além disso, alguns tipos de cancros também podem favorecer a queda de cabelo, como o cancro de pele, por exemplo. Além disso, de acordo com a causa da queda de cabelo, a alopecia pode ser classificada em alguns tipos, sendo os principais:

  • Alopecia areata: causada por fatores autoimunes ou emocionais, caracterizada por intensa queda de cabelo em determinadas áreas, resultando no aparecimento de placas redondas no couro do cabeludo com ausência de pelo.

  • Androgenética: também chamada de calvície, é causada por fatores genéticos, associados à taxa de testosterona na corrente sanguínea, e por isso é mais frequente nos homens;

  • Traumática: causada pelo hábito de arrancar os fios de cabelos constantemente ou por traumatismos na cabeça;

  • Seborreica: causada por uma dermatite, que pode ser tratada com o uso de medicamentos;

  • Eflúvio: que se caracteriza por um período em que o cabelo cai naturalmente, porém, quando este mecanismo se encontra desregulado, pode haver um período maior de queda de cabelo, que geralmente responde bem aos tratamentos clínicos.

É importante que a causa da alopecia seja identificada por um profissional qualificado, pois assim é possível que o tratamento mais adequado para a causa seja indicado e, assim, seja possível prevenir a queda de mais fios e favorecer o crescimento do pelo. No Espaço Chi, para as avaliações e tratamentos, contamos com a presença da Drª Viviane Jacomelli, mestre internacional em medicina estética.

Para marcações e mais informações, entre em contacto com nossas comerciais na receção, ou na área de contactos do nosso site espacochi.pt



36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo